Welcome to my world




Question For the diva here

“Há segredos por todos os lugares. Não há respostas em lugar nenhum.”


Estilhaça-me

— (via emociona-da)
A Lua é uma companheira correta. Ela nunca se vai. Está sempre lá, observando, constante, reconhecendo-nos em nossos momentos de luz e escuridão, em constante transformação, assim como nós. Todos os dias uma versão diferente dela mesma. Às vezes fraca e lívida, noutras forte e cheia de luz. A Lua compreende o significado de ser humano. Inconstante. Solitária. Esburacada de imperfeições.
Estilhaça -me. (via t-h-e-b-o-o-k-s)
A verdade é uma amante maldosa e ciumenta que nunca dorme.
— Estilhaça-me (via trechos-e-textos)
Não consigo me lembrar do calor de qualquer tipo de abraço. Meus braços doem em virtude do inescapável gelo do isolamento.
— Estilhaça-me (via trechos-e-textos)
Pergunto-me se ele sabe que ele está segurando meu coração em sua mão.
Estilhaça-me. (via li-berta-me)
O inferno está vazio, e todos os demônios estão aqui
Liberta-me (via savebooks)
A solidão é uma coisa estranha.
Ela chega arrastando em você,silenciosa e tranquila,senta-se ao seu lado no escuro,acaricia seu cabelo quando você dorme…Ela deixa mentiras em seu coração,deita-se ao seu lado a noite,suga a luz de cada canto.É uma companhia contante,enganchando a mão para puxá-lo para baixo enquanto você luta para ficar em pé….E mesmo quando você está pronto para abrir a mãe,quando você está pronto para se libertar,a solidão é uma velha amiga que fica ao seu lado no espelho,olhando-o nos olhos,desafiando-o a viver sem ela.
A solidão é uma companhia amarga.
— Liberta-me (via a-crazy-depressive)
Os livros… Eles me ajudaram a não perder completamente a cabeça.
— Liberta-me (via livr0s-etc)
Quantas vezes você vai pedir desculpas por quem você é?
Liberta-me. (via t-h-e-b-o-o-k-s)